Tags archives: YouTube

  • Grupo Cabezas Cortadas fala sobre carreira musical

  • A banda paulistana Cabezas Cortadas utiliza os serviços do CD Baby e, apesar do pouco tempo de estrada, vem alcançando bons resultados desde que lançou o seu primeiro disco, no ano passado. Aproveitamos o momento e conversamos com o vocalista Le Maga, que nos contou um pouco da história da banda e dividiu as suas experiências.

    le-maga-cabezas-cortadas
    Na sua opinião, qual foi o grande passo que vocês deram na carreira que fez com que a banda atingisse um maior número de pessoas?
    O Cabezas Cortadas é uma banda nova, com menos de um ano de existência. Fizemos um caminho totalmente nosso, todos os músicos envolvidos já tinham muita experiência e estrada, então criamos a banda em estúdio, gravamos o primeiro CD sem nunca termos tocado ao vivo. Eu creio que esse tempo de pesquisa e aprimoramento musical deu uma cara muito própria ao grupo. As pessoas que têm curtido a banda perceberam isso, que buscamos uma qualidade estética acima de qualquer coisa. Acreditamos nesse caminho pra conquistar os ouvintes, pra não deixar dúvida. Não vamos lançar nada que não seja com essa postura de trabalho.

    O Cabezas Cortadas tem bastante views no Youtube. Poderia dar dicas de divulgação de vídeos para as bandas?
    O que rolou e deu um impulso aos clipes foi a exposição na Uol, que lançou com exclusividade. Outra coisa foi a entrada do clipe “Na Calçada” na programação da Globo Internacional. Isso deu um impulso fora do Brasil de visualizações. Agora, a internet é uma ferramenta de compartilhamento que tem que ser usada com intensidade, se não, não rola nada. Uma dica é contar com as redes sociais para divulgar, tanto o canal pessoal como o da banda.

    Você pode nos dizer como funciona o processo de composição em dupla com o guitarrista Charles?
    Eu e o Charles estamos juntos há oito anos, compomos muitas músicas nesse período. Normalmente, no processo, eu venho com letra e melodia prontas, e ele faz o arranjo e harmonia. Temos formação muito distinta que creio ser o que fica mais legal. Ele é um erudito com formação em violão clássico e eu, pura intuição, sem formação musical formal.

    Poderia dar três dicas para os vocalistas cuidarem de suas vozes?
    1. Não fumar, ou não fumar muito.
    2. Aquecer a voz antes de ensaios e shows. Existem muitos exercícios que funcionam muito bem e bons profissionais que trabalham com esse segmento.
    3. Cante a sua verdade, cante no seu tom, isso também ajuda muito a preservar a voz.

    Qual a importância de um serviço como o do CD Baby para uma banda independente?
    O CD Baby é tudo que o artista independente precisa, tem um valor super-honesto, e o artista consegue disponibilizar suas músicas com um bom preço e com um bom suporte de operação. Creio que a soma de um bom trabalho em redes sociais, shows, exposição na mídia e o CD disponível no CD Baby criam uma corrente para o artista poder se tornar dono de sua carreira com garantia de qualidade e profissionalismo. O CD Baby traz essa questão fundamental à tona, profissionalismo musical e de empreendimento artístico próprio.

    [hana-code-insert name='Twitter Guide' /]

  • Como ganhar dinheiro através do Youtube

  • Por Chris Robley, colaborador do CD Baby

    Como-ganhar-dinheiro-através-do Youtube
    De acordo com Brian Botkiller, o Youtube tornou-se “a jukebox do mundo”. Sendo a ferramenta online mais popular na descoberta de novas músicas.
    São mais de seis bilhões de horas de vídeo transmitidas todos os meses para mais de um bilhão de usuários únicos – e a grande maioria está procurando por música. Toda essa atividade musical está gerando dinheiro para os músicos independentes.
    A sua música já está no Youtube? Se sim, ótimo!

    Mas você está sendo pago por essas músicas no Youtube? Se não, você deveria, e o CD Baby está aqui para lhe ajudar

    Nós já pagamos perto de meio milhão de dólares para artistas pelo uso de suas músicas em vídeos no Youtube. Muitos músicos independentes não sabem nem que é possível “monetizar” através dele, e isso é compreensível.

    O Youtube não permite que você, como artista, monetize as suas músicas por você mesmo. Com certeza, você pode monetizar os vídeos no seu canal do Youtube, mas não as suas músicas – e isso é uma distinção importante (mais sobre isso daqui a pouco).

    Que tipo de dinheiro o Youtube está pagando aos músicos?
    A resposta é simples: receita publicitária. Youtube é uma empresa do Google, afinal de contas.

    como-musicos-ganham-dinheiro-youtube
    Você sabe – publicidade de banner, publicidade em vídeo, publicidade em vídeo que pode ser passado depois de 5 segundos. O Youtube veste suas roupas de mágico do Google e insere a publicidade no que pensa ser mais atrativo ao usuário, baseado nas suas buscas anteriores, hábitos de navegação na web, localização, e vários outros fatores arrepiantes que é melhor você não pensar sobre isso. O Google SABE.

    Enfim, companhias pagam o Youtube por essa publicidade direcionada — às vezes, pagando por impressão, por clique ou por visualização (publicidade de vídeo) — e o Youtube divide essa receita com o criador do conteúdo (a pessoa que fez upload do vídeo em que está sendo veiculado o anúncio).
    Resumindo, o modo em que o músico ganha dinheiro do Youtube é permitindo que anúncios apareçam nos vídeos que contam com suas músicas.
    As diferenças entre monetizar vídeos e músicas no Youtube.

    Ok. Muito do que falei até agora é razoavelmente senso comum, pelo menos entre músicos que entendem mais sobre Youtube. Mas tem algo que muitos músicos não sabem: você pode monetizar QUALQUER vídeo no Youtube que use sua música, não só os vídeos em seu canal – e o CD Baby ajuda você.
    Quando alguém usa uma de suas músicas em um vídeo maluco de gatinhos, o Youtube pode identificar e colocar uma publicidade no vídeo, direcionando uma parte da receita de publicidade para você. É isso mesmo: quando outra pessoa utiliza uma música sua no vídeo dele, essa pessoa abre mão de recolher receita de publicidade por esse vídeo – e é pago diretamente para você.

    Quem mais estaria usando minha música no YouTube além de mim?
    Muitas pessoas – e quanto mais pessoas usarem suas músicas em vídeos no YouTube, mais dinheiro você vai ganhar. Aqui estão algumas maneiras que sua música pode ser usada em vídeos de outras pessoas:
    – Vídeos de fãs (o que você pode encorajar através de concursos e outras maneiras)
    – Vídeos malucos de gatinhos (ou qualquer filme familiar ou caseiro que se queira adicionar trilha sonora)
    – Apresentações corporativas e vídeos de como-fazer algo
    – Comerciais
    – Vídeos de música (em que alguém faz upload da sua música com uma imagem do CD, foto da banda, etc.)

    Seja pago pelo uso de suas músicas no YouTube
    A missão do CD Baby é ajudar artistas a ganhar. Enquanto o ramo da musica muda para alcançar as mudanças tecnológicas, nós queremos nos certificar que músicos independente não estão sendo deixados de fora. Por isso que criamos uma solução simples para termos certeza que você está sendo pago por suas música no YouTube.
    E por que queremos que você esteja por dentro desta possibilidade de ganhar dinheiro, não existe custo adicional para se inscrever no nosso programa de monetização no YouTube (além do custo inicial de para seu álbum ou single).

    Com ajuda dos nossos parceiros de sincronização e licenciamento, o Rumblefish, nós fazemos com que o Youtube tenha uma impressão digital sonora de todas as suas músicas à venda no CD Baby e usando o sistema de identificação do Youtube para achar qualquer vídeo em que apareça sua música. O Youtube inserirá anúncios nestes vídeos e nós garantiremos que você seja pago pela publicidade gerada. Nós já pagamos quase meio milhão de dólares para músicos independentes pelo uso de suas músicas no serviço. Nós estamos projetando que até o fim de 2013 esse numero terá ultrapassado a marca de um milhão de dólares. Você está recebendo sua parte? Seja pago a partir de de hoje.

    [hana-code-insert name='YouTube Guide' /]

  • Porque YouTube é mais importante que qualquer outra ferramenta na sua carreira musical

  • por Chris Robley

    YouTube1
    YouTube: o novo rádio, a nova MTV, a nova loja de discos, a nova revista de música, o novo tudo.
    Vamos dizer o óbvio: o mundo mudou, especialmente para os músicos independentes.

    Os consumidores de música não estão se distanciando da ideia de “ter” música (uma grande parte dos consumidores de música ainda preferem comprar um CD afinal de contas), mas alternativas legais de domínio de música (tipo… streaming!) mudaram drasticamente o modo como ouvintes se engajam com a música em primeiro lugar.

    Conveniência e custo são uma grande parte desta mudança, claro; Spotify te dá acesso a um enorme catálogo de músicas, onde você for e pelo preço de duas xícaras de café por mês. Mas a facilidade de compartilhar é um grande fator na nossa mudança de hábitos. Quando você ouve música no rádio, numa estação de rádio de loja, ou mesmo em um CD — requeria um certo esforço para dividir essa experiência. (Bom, você precisaria, no mínimo, digitar um tweet e procurar um bom link para compartilhar a música com seus amigos).

    E é nesta parte que o YouTube realmente foi bem-sucedido. Não só ele é O serviço mais popular para descoberta de músicas online, mas também é O serviço mais popular em um setor demográfico mais jovem para ouvir música. Eu tenho de assumir que o aspecto amigável e sociável do YouTube (integração simples com Facebook, Twitter, blogs, etc.) é uma grande parte disto — somando-se com a conveniência (aplicativos de smartphone) e custo (gratuito). E claro, tem toda a questão do VÍDEO, também.

    Como artista, você absolutamente deve ter um site, escrever boas músicas, praticar, fazer shows, fazer entrevistas, ter boas campanhas de marketing, ter distribuição mundial de suas músicas (como o CD Baby, se eu puder opinar). Mas quando você combina ótimas músicas com um visual excelente, você está aumentando muito sua grandeza, o que é ótimo para sua carreira. E é por isso que o YouTube pode ser a ferramenta mais poderosa para promover sua carreira musical. Pense em artistas como Ok Go, Gotye, Walk Off the Earth, Justin Bieber, Karmin e Pamplemoose. Nenhum destes artistas teria ido tão longe se não fosse o YouTube.

    E os aspectos sociais da funcionalidade do YouTube (fácil compartilhamento e incorporação, contador de visualizações, seção de comentários, etc.) significa que fãs de música podem ser mais ativos e ter uma ação mais imediata na recomendação de músicas para outros ouvintes. Então o YouTube está assumindo algumas das responsabilidades que a mídia impressa já teve, um dia.
    Então, já convenci que você deveria estar gastando mais energia na criação de vídeos no YouTube que seus fãs vão adorar compartilhar? Aqui está uma recapitulação:

    5 razões pelas quais você deve impulsionar sua presença no YouTube

    1. YouTube é a ferramenta de busca nº1 para fãs de música
    2. YouTube se tornou a plataforma nº1 dos jovens fãs par ouvir música
    3. Muitos artistas construíram suas carreiras somente através do YouTube
    4. Não há maneira mais fácil de erguer sua música/marca/personalidade para dentro dos olhos/ouvidos/casa/imaginação de alguém do que através do engajamento de víedos de música
    5. Receita de propaganda está sendo gerada nos vídeos no YouTube e você pode ganhar sua parte monetizando suas músicas no YouTube.

    Uma vez que você usou o YouTube para ter seus vídeos de música vistos, ouvidos e compartilhads, ENTÃO você pode vender sua música para seus novos fãs, captar contatos de e-mail e contruir sua lista de newsletter, e conseguir que o pessoal vá ao seu show.

    [hana-code-insert name='YouTube Guide' /]