YouTube: saiba tudo sobre como otimizar o seu canal hoje!

Monetização, content ID, seguidores! Te explicamos tudo aqui.

YouTube: saiba tudo sobre como otimizar o seu canal hoje!

Por: Giulia Perin & Regina Santana

Pra quem acompanhou a live de ontem no Instagram (link do vídeo disponível no IGTV) sobre melhores práticas de monetização do YouTube, com a especialista CD Baby Giulia Perin, aqui estão todos os tópicos que foram abordados durante a conversa. Cada um deles tem referências e explicam cada ponto para quem quer se aprofundar no assunto.

Monetização: critérios mínimos para seu canal ser elegível 

Monetizar o seu canal significa permitir que o YouTube veicule anúncios nos seus vídeos e divida o dinheiro que ele ganha dos anunciantes com você. Se tem bastante anúncio rodando, a receita dos canais tende a aumentar, mas o contrário também acontece. Num momento incerto como este, os anunciantes seguram o volume de campanhas e o rendimento do seu canal tende a cair.

Pra começar a monetizar no YouTube, o seu canal precisa preencher os requisitos mínimos do Programa de Parceiros do YouTube, que são:

  • Seguir as diretrizes de comunidade do YouTube;
  • Ter mais de 4 mil horas de exibição públicas válidas nos últimos 12 meses;
  • Ter mais de mil inscritos;
  • Ter uma conta do Google AdSense vinculada.

Para descobrir se o seu canal preenche os requisitos, entre no seu YouTube Studio e no menu esquerdo clique na aba “Monetização”. Se não estiver elegível, peça para ser notificado pelo YouTube quando puder começar a monetizar. Caso esteja apto, você pode começar o processo ali mesmo, clicando em aceitar os termos do Programa de Parcerias. A partir daí, será necessário criar uma conta de AdSense ou vincular a conta que já tem e aguardar a análise do YouTube, que costuma demorar por volta de um mês para aprovar ou não sua candidatura ao programa.

Se o seu canal for aprovado, você já vai passar a ter a opção de habilitar anúncios nos seus vídeos. Se informem sobre métodos de monetização de canal e formatos de anúncio em vídeos.

O que é Content ID?

O Content ID é uma funcionalidade que permite que o uso do seu conteúdo (áudio e/ou vídeo) em outros canais seja detectado e que a monetização vá para você, proprietário. Ou seja: se alguém posta o seu videoclipe num outro canal ou usa um trecho da sua música no vídeo, a gente detecta. Como este conteúdo é seu, quem vai receber essa receita de monetização é você. Isso é importante porque evita que outras pessoas lucrem com o seu conteúdo

Você já deve ter reparado na aba “Painel de Licenciamento e Sincronização”, primeiro item (Licenciamento de sincronização, YouTube, Facebook e Instagram) da coluna “Gerenciar” lá no seu Painel de Conta da CD Baby.

Se a opção “Coletar Dinheiro do YouTube” já está ativada nos seus lançamentos, é porque estamos executando o Content ID da sua música e monetizando para você os vídeos em que ela for usada. Se o seu canal no YouTube ainda não pode ser monetizado, ativar essa opção garante que você está monetizando pelo menos a parte do áudio dos seus vídeos e está gerando receita sobre os views que recebe no seu canal.

O que é uma network e qual a vantagem de participar de uma?

Uma network, ou uma MCN que é a sigla em inglês (multiples channel network) é uma rede de canais sob a mesma gestão dentro do YouTube.

O serviço que cada network fornece é ligeiramente diferente e tem as suas particularidades. No geral, elas oferecem:

  • Suporte direto para resolução de conflitos, copyright claims e problemas gerais de gerenciamento de canal, representação perante o YouTube para resolução de quaisquer tipos de problemas​
  • Equipe dedicada a garantir a monetização plena de todo o conteúdo do canal  para que nenhuma oportunidade de monetização seja perdida
  • Olhar constante para otimização de performance do canal e de vídeos individualmente
  • Usar o Content ID, funcionalidade exclusiva das networks que pode dar um super up no seu faturamento.

Cada network tem seus próprios critérios para adesão de novos membros. No geral, o canal precisa ser apto para receber a monetização de acordo com as regras do YouTube. Também é essencial ser proprietário do conteúdo do canal, não sendo aconselhável publicar conteúdo não autorais.

A CD Baby tem uma network própria?

Nós trabalhamos com a AdRev, que é a nossa empresa-irmã, do grupo Downtown, e é especializada em gestão de direitos de YouTube. Eles tem a Talent Network, que é a uma network onde ficam todos os canais de quem está com a CD Baby e quer que o seu canal seja gerenciado por nós. A AdRev é uma empresa referência, que oferece vantagens como equipe de direitos autorais dedicada, anúncios premium para monetização, programas de análise de oportunidades e otimização e suporte dedicado.

Livestream: Como monetizar minha transmissão ao vivo pelo YouTube?

Se o seu canal já é monetizavel, será como é  gerar a receita de qualquer vídeo normal. Você deve selecionar a monetização que deseja na sua live quando está configurando e também tem a opção de inserir um anúncio durante a live. Caso se qualifique e já tem essa ferramenta ativada, pode também usar o Superchat para gerar receita. Não deixe de se informar sobre as melhores práticas para moderar o chat durante a sua live, essa interação com os seus espectadores pode fazer muita diferença na sua construção de público.

Passo a passo de configuração mobile vs desktop

Planeje e se organize com antecedência. Se você nunca fez uma live antes, você precisa ativar as live-streams no seu canal. Para isso, você não pode ter tido nenhuma restrição nos últimos 90 dias (ou seja, você não pode ter recebido um aviso das diretrizes da comunidade, nem ter uma live removida por direitos autorais ou bloqueada no mundo todo), e o seu canal precisa estar verificado. Verificar o seu canal é rapidíssimo, mas ativação das lives demora pelo menos 24h (e não, não tem como ser mais rápido que isso), então faça isso com antecedência, pra dar tempo de dar alguma coisa errada e você conseguir correr atrás.

Pense em por onde você vai transmitir: se você tem mais de mil inscritos, você pode escolher fazer a sua live via mobile ou via webcam (num pc ou laptop). Nas duas opções, você pode criar a sua live com antecedência e programar para uma data futura – o que melhora a sua descoberta na busca, no feed de inscritos e, potencialmente, pode ajudar a aumentar as suas chances de aparecer na Página Inicial do Youtube.

 Por Mobile:

  • No seu smartphone ou tablet, abra o app YouTube.
  • No canto superior direito, toque em “Capturar”  e Transmitir ao vivo.
  • Siga as instruções para criar uma transmissão ao vivo.
  • Para programar uma transmissão para mais tarde, toque em Mais opções.*
  • Para definir as opções de uma transmissão ao vivo, como restrição de idade, monetização e mais, toque em Mais opções e Mostrar mais. Em seguida, toque em Próxima.
  • Para transmitir a tela do seu smartphone, toque em Criar canal e Compartilhar tela .
  • Toque em Transmitir ao vivo.
  • Para encerrar sua transmissão, clique em Concluir. Um arquivo da transmissão será criado no seu canal, e você poderá editar a configuração de privacidade ou excluí-lo completamente.

Por Webcam:

  • No canto superior direito, clique em Criar .
  • Selecione Transmitir ao vivo.
  • À esquerda, clique em Webcam .
  • Digite um título, uma descrição e selecione uma configuração de privacidade. Você também pode programar sua transmissão ao vivo para uma data posterior.
  • Clique em Mais opções > Configurações avançadas para ver outras configurações.
  • Clique em Próxima. Sua câmera fará uma miniatura.
  • Selecione Transmitir ao vivo.
  • Quando você quiser terminar o evento, clique em Encerrar transmissão na parte inferior. Todas as transmissões com menos de 12 horas serão automaticamente arquivadas. Veja suas transmissões anteriores, atuais e futuras na guia Ao vivo.

Tem também a live-stream usando codificadores, que é o que os gamers usam pra conseguir transmitir tela de jogo nas suas lives, ou que permite que você use um microfone externo, por exemplo. Este processo é mais complexo e não vamos falar dele aqui, mas o link com o passo a passo está disponível pra quem se interessar por fazer um ao vivo com mais estrutura.

– Posso fazer covers?

As regras para as lives são as mesmas que para vídeos que não são ao vivo, então o que vale para vídeo normal é também o conteúdo que pode estar numa live. Ou seja, se você não vai monetizar a sua live e não se importa de ela ser monetizada pelo dono do conteúdo, pode fazer o cover que você quiser. Agora, se você quer fazer seus covers e garantir que não vai ter nenhum tipo de problema durante nem depois da sua live, obtenha a autorização!

– Vou ter claims da CD Baby na minha live?

Não entram reivindicações da CD Baby na sua live enquanto ela estiver rolando, o Content ID só começa a funcionar uma vez que a live acaba e o vídeo é postado no canal. Ou seja: respire tranquilo: nós não vamos derrubar a sua live 🙂

Quando você programa a sua live com antecedência, você já tem a URL antes de a live estar ao vivo, então você já pode começar a divulgar e disseminar o link em outras redes. Uma vez programada, você também pode deixar a live pública, assim ela já  aparece lá no seu canal. Aí você pode pedir pros seus fãs que usem a ferramenta “Definir Lembrete” para que sejam avisados quando for começar.

Além disso, você pode fazer uma playlist em destaque no seu canal com as “Próximas Transmissões Ao Vivo”, já promovendo as suas próximas lives. Também é bacana você incorporar as #FicaEmCasa e Cante #Comigo, as #s oficiais do Youtube.

Não se esqueça que depois da live o vídeo fica disponível no canal automaticamente – e isso é ótimo! Então se certifique de que você otimizou as tags, descrições e todas as informações relevantes do vídeo, além de incluir cards e telas finais. Faça também uma estante no canal com todas as lives arquivadas, criando playlists relevantes com as suas lives e mantendo elas em circulação mesmo depois de acabarem. Se vocês não tem muita certeza do que eu acabei de falar (“meu deeeus será que minhas tags estão otimizadas???? eu nunca mexi com tags???”), fiquem tranquilos, este conteúdo está disponível de graça, aqui na CD Baby.

AH! e lembre-se da dica da Giulia para se lembrar do mais importante neste processo!

D. A. O. R. A – Divulgação, Antecedência, Otimização, (Respira Fundo) e Análise de Dados.

 

Boa sorte!


YouTube Guide

Comente

Seus email não será publicado.