Faça “lives” no Twitch para conquistar fãs

O Twitch é uma plataforma de games. Mas é lá que você pode conquistar uma legião de fãs fiéis. É só vir com a gente e entender como uma live bem feita nessa nova rede pode te render até dinheiro

Faça “lives” no Twitch para conquistar fãs

Como músicos podem usar o Twitch para aumentar seu público

Em todos os anos que passei prestando consultoria para empresas de música digital, sobre como conquistar mais seguidores (vamos dizer que eu já vi todas as ideias do mundo pelo menos duas vezes), eu nunca tinha visto uma coisa tão eficiente quanto livestreaming, os famosos “lives”, para ajudar artistas a conquistar novos fãs e com isso ganhar dinheiro.

Livestreaming é quando você transmite um vídeo por streaming online ao vivo, e as pessoas que estiverem te vendo podem se comunicar com você e umas com as outras, através de um chat. Facebook, YouTube e Instagram todos têm uma ferramenta de livestreaming.  Você pode até ter usado elas. Mas elas não são nada perto do que o Twitch faz.

O Twitch é uma plataforma de livestream em que gamers jogam ao vivo, enquanto outras pessoas assistem. E onde entra a música? Porque também há categorias de arte no Twitch, e a categoria música é uma das maiores – e certamente a que está crescendo mais rápido.

Streaming no Twitch é diferente do que em outras plataformas mais populares:

  • O Twitch é focado na comunidade. As pessoas vão até o Twitch para entrar em contato com outras que curtam fazer as mesmas coisas que elas. E a interação não é só por pedacinhos de informação no feed; as pessoas gastam um bom tempo vendo criadores fazer o que eles fazem de melhor, em tempo real, conversando com eles, pedindo músicas ou jogando videogame com eles. Já que as interações são focadas em um interesse em comum, as pessoas estão dispostas a conhecer criadores de conteúdos novos, e muita gente até prefere seguir alguém que tenha menos seguidores. É uma comunidade real, não só um conteúdo frio distribuído socialmente, tipo o feed do Instagram.
  • Twitch transforma a monetização numa coisa DIVERTIDA.
    As pessoas vão assinar o seu canal e te dar dinheiro real em tempo real, enquanto você estiver usando o Twitch. É tipo o Patreon e o YouTube fundidos em uma coisa só, só que ao vivo. Por que as pessoas fariam isso? Porque é divertido. A inscrição no canal te dá acesso a emojis exclusivos para usar no chat. Doar dinheiro faz com que o seu pedido de música vá para o começo da lista. Toda contribuição aparece na tela e o produtor de conteúdo pode sempre reconhecê-la, para que o espectador fique feliz já na hora que doou. O Twitch gamificou a experiência de contribuir, ao usar um modelo de compra dentro do app que é bem comum nos jogos. Assistir aos lives é de graça, mas é mais divertido se você pagar. Contribuir é divertido e te dá acesso a conteúdos exclusivos.
  • O Twitch não está saturado. Essa é a maior lição. A música ainda está numa trajetória ascendente no Twitch. A plataforma não é gigante, mas é grande o suficiente para ter um bom público. Por algum tempo ainda, a música aqui só vai crescer. Então você pode conquistar um público agora, e ele vai crescer junto com a categoria “música”.

Eu passei muito tempo ajudando pessoas a montarem seus canais e conversando com streamers sobre como eles podem conquistar público. Por mais que cada criador de conteúdo seja diferente do outro, e não há regras duras sobre o que pode ser transmitido e o que não deve, há características que praticamente todos os criadores de streaming têm. Elas são:

1.    Seja autêntico e deixe sua personalidade aparecer

As pessoas vão ao Twitch para passar tempo com outras pessoas. Elas não querem se deparar com o último videoclipe da rainha do pop ou com alguém transmitindo a pista de dança da balada. Eles querem ver gente de verdade fazer aquilo em que são bons, e querem trocar ideia com essa pessoa e com outros fãs dela. Para se destacar, você tem de ser você mesmo e fazer aquilo que é único. E você vai perceber o que é isso pelos alertas (que aparecem quando alguém te segue ou faz doações). Não se sinta pressionado a ser perfeito –na verdade, perfeição é até meio broxante aqui. Divirta-se e você vai atrair um público que entende sua diversão

2. Faça um cronograma de streaming  e cumpra sua agenda

Consistência é essencial. Assim como você precisa postar com frequência no Instagram para ganhar público, você precisa fazer a mesma coisa com livestreaming. No mundo ideal, você vai fazer lives de  3 a 5 dias por semana, em sessões de 2 a 4 horas. MAS NÃO CRIEMOS PÂNICO. É bem divertido, e o tempo vai passar voando. Toque uma música,, converse um pouco. Não é um show formal. Desse jeito, você vai conseguir tocar umas 7 músicas por hora. Quanto mais fizer lives, mais gente vai poder te descobrir, e mais gente vai te acompanhar por mais tempo, o que significa mais inscritos e mais doações.

Crie uma agenda e poste ela no seu perfil. E siga o cronograma. Assim, as pessoas vão lembrar e te procurar. Se você parar ou pular alguns dias, vai perder público. A maioria das pessoas está online durante a noite (durante a semana) e no sábado e domingo, de dia e à noite. Então descubra onde está seu público para respeitar o fuso horário dele (se você já tiver público) e marque as lives para esses horários.

3. Aceite pedidos de músicas e faça covers

As pessoas gostam de ouvir músicas que elas conhecem. E também gostam de sentir que estão contribuindo para a live. Então, aceite pedidos de músicas do público e coloque uns covers na sua setlist. Se você é bom de tirar de orelha músicas que não estudou (no Twitch, isso é chamado de “live learn”), daí você vai se divertir muito com seus espectadores. É claro que você pode e deve tocar as músicas que compôs, mas covers são um jeito fácil de se apresentar para pessoas que não te conhecem, e as pessoas geralmente doam dinheiro quando pedem uma música. E, depois de um tempo, acontece muito de o público pedir as músicas autorais de um artista tanto quanto pede covers..

4. Conheça outros streamers de música

A coisa que eu mais amo no Twitch é que os streamers se ajudam. Uns veem as lives dos outros e todos se inscrevam nos canais dos amigos, e às vezes até tocam juntos.

Encontre artistas que você curte no Twitch e visite as lives deles como espectador. Fique vendo por um tempo, conheça melhor o trabalho e o público deles, peça músicas, inscreva-se. NÃO fale de si nem das suas lives, que isso é grosseria. Faça amizade com outros artistas, assim como faria se vocês fossem tocar no mesmo bar.

Um Streamer pode direcionar seu público para outro streamer quando estiver terminando de transmitir sua live. Isso é chamado de “raid”, ou arrastão, e é um jeito bom de conquistar novos espectadores. Quando você terminar sua transmissão, não importa quantas pessoas estiverem te assistindo, faça um “raid” para o canal de outro músico de quem você seja amigo ou amiga no Twitch. E se você estiver online quando outro criador amigo terminar sua transmissão, ele pode te direcionar o público dele também..

Lives são o jeito mais eficiente e divertido que eu já encontrei de conquistar fãs, trazer os fãs que já tenham ainda mais para próximo e de ganhar dinheiro de verdade –às vezes, o suficiente para viver só de música. Há muito a se aprender, mas você pode começar passando no Twitch e assistindo lives de músicos. Você vai aprender rápido e se divertir. E espero que em breve você comece o seu canal por lá!


 

Karen Allen

Karen Allen é a criadora do Twitch For Musicians, um e-book e curso on-line que ensina os artistas a aumentar sua base de fãs e ganhar receita com transmissão ao vivo no Twitch. Karen também assessora startups de música digital sobre crescimento e estratégia e ocupou cargos seniores nas associações comerciais da indústria de entretenimento RIAA e Mobile Ecosystem Forum.

2 Comentários

  1. Pingback : Como colocar suas lives do Twitch na Amazon Music | SomosMúsica

  2. Pingback : Um Guia para Músicos de Como Fazer Uma Live | SomosMúsica

Comente

Seus email não será publicado.