Como músicos podem encontrar e ter sucesso em nichos de mercado

Por Convidado

[Este post foi escrito por Jonathan, da Music Gateway, uma plataforma on-line que permite a músicos colaborar com outros ao redor do mundo em sessões de gravação de estúdio, remixes e muito mais.]

Screen-shot-2013-10-09-at-6.49.27-AM-300x160-1Que som NOVO é esse?!

Você quer se destacar. Ser a banda ou artista na boca da galera e da indústria. Você tem uma visão de sucesso mas não sabe exatamente como chegar  lá. A primeira coisa que você precisa fazer é conhecer o terreno e começar de baixo para cima. Então, a primeira pergunta que precisa se fazer é: como eu acho meu nicho?

Há duas opções …

Crie seu próprio nicho de mercado.

Descubra o que não existe e se torne isso você mesmo (desde que faça sentido, é claro). Fãs de música amam coisas novas e inesperadas. Isso gera animação! Seja o novo som ou comece um movimento. Um conselho que eu daria, entretanto, é não ser diferente DEMAIS. Fãs gostam de algum grau de familiaridade. Então, por mais que seja ótimo ser esquisitão e de vanguarda, você não precisa se afastar demais da regra – é mais provável que isso vá afastar os aficionados por música. Seja esperto.

 

Coloque sua cara num nicho de mercado emergente

Pode ser que você não tenha um nicho para criar – então a segunda opção é seguir a música que você gosta e que está em alta  no momento. Mas, lembre-se, sua contribuição única para o nicho é essencial. Por favor, não tente imitar bandas que já existem. Os selos mais fortes tentaram fazer isso com o Oasis nos anos 1990; a gente já tinha tido o Oasis e não precisávamos de outro igual. Meu conselho é conferir qual é a tendência; se aproprie de elementos dela e deixe ela te influenciar, mas surja com algo novo e mais de vanguarda para se diferenciar daqueles que já são ouvidos.

Já encontrou seu mercado? Agora faça o seguinte:

Seu Som – É crucial que você se destaque no seu nicho. Você tem de ter sua levada especial.

Sua Imagem – Olhe ao redor. Se houver uma tendência de moda no nicho, você provavelmente vai ter de entrar nessa. Mas, assim como você não quer ter o som de todas as outras bandas que estão por aí, você também não quer ter o visual de toda banda e artista do mercado. Pegue elementos da tendência e os misture com novidades, para que seus fãs em potencial te olhem como a banda que eles idealizam e queiram se vestir como você, porque oferece novidades para o deleite dos seus olhos. Você quer ser como todos os outros cachorros-quentes do carrinho ou quer ser o com mais mostarda e catchup? O exemplo é ruim, mas você entendeu o que eu quero dizer.

Sua Atitude – Anime sua audiência. Não vá pelo caminho seguro; cause impacto. Faça dos seus shows ao vivo uma coisa incrível. Dê cenas memoráveis. Não é geralmente da música que os fãs falam depois do show, mas muito mais de  quando o baixista dá um salto mortal sobre o guitarrista. Agora suponho que nem todos vocês sejam ginastas, mas é o tipo de coisa inesperada da qual as pessoas se lembram — portanto, pense no que pode fazer nos seus shows ou em qualquer lugar fora deles para se destacar e ser lembrado (positivamente, vale acrescentar).

Se expandindo para além do nicho

Então você está se tornando conhecido no seu nicho de mercado. Está angariando fãs, fazendo turnês pelo país e ganhando nome próprio. Boa! Mas talvez agora você queira um alvo um pouco maior. Às vezes, o nicho de mercado só pode te dar algum sucesso. Dependendo do tipo de sucesso que você quer para sua carreira, é capaz que você precise apelar para outros nichos também.

Precisamos fazer isso de um jeito esperto, para não perder sua base existentes de fãs, Você não quer ser conhecido como “vira-casaca”, quer? Você precisa se manter bacana, essencialmente. “Cool”. Não estou sugerindo que você mude seu estilo, de jeito nenhuml. Muitas bandas tentam virar uma coisa que elas não são para ter mais apelo com  o grande público – e poucas conseguiram conquistar o “mainstream”. A opção que eu ofereço permite que você mantenha sua credibilidade e não espanta os fãs.

Oferecendo suas músicas para fazerem covers e remixes

Encontre um artista ou uma banda de um gênero completamente diferente do seu e convença-os a fazer um cover da sua música com a pegada deles Se você for uma banda de folk, deixe que uma banda de pop-punk faça uma versão da sua obra. Isso leva sua canção para um novo gênero de músico o que faz com que ela seja exposta, junto com a sua banda. Novos fãs vão ouvir à música tocada pela outra banda e, querendo saber como era a original, vão te encontrar. É também uma ótima maneira de ajudar outras bandas, se sua canção for um grande hit.

Por exemplo, a música ‘Little Lion Man, dos Mumford & Sons, recebeu cover da sensação do pop-punk australiano Tonight Alive no álbum de compilações ‘Pop goes Punk 4’. A música  trouxe boa exposição pro Tonight Alive e o cover acabou sendo um avanço na carreira deles.

Então essa decisão pode ser tomada de dois jeitos, basicamente. Faça com que outros artistas toquem covers da sua música, com a pegada deles, ou faça você mesmo um cover de uma música popular de outra banda ou artista, com a sua assinatura.

Ganhe uma audiência mais ampla com uma música bem conhecida, mas faça dela ainda melhor.

Um jeito específico de chegar ao público da pista de dança é conseguir que sua música seja remixada e lançada em baladas. Isso pode fazer sua música bombar e até se tornar “mainstream”, possivelmente mais popular do que a original; nem sempre é possível, mas às vezes acontece.

Um exemplo recente de um remix que se saiu melhor que a música original foi o remiz de Cedric Gervais para “Summertime Sadness”, de Lana Del Ray. A versão, de agosto de 2013, foi tão melhor do que o original que de junho de 2012, que expôs Lana Del Ray a uma audiência mais ampla e em mais territórios. O remix chegou ao número 4 das paradas do Reino Unido.

Screen-shot-2013-10-09-at-6.49.53-AM-650x419

 

Achar um nicho e nele ter sucesso não é uma tarefa tão aterrorizante, contanto que você se mantenha verdadeiro a o que é de verdade e dê uma “vanguardizada” para se destacar na competição. Permita-se jeitos de diversificar também. Muitos gêneros musicais de nicho ganham muito popularidade, mas depois acabam rápido e têm de se adaptar para mudar um pouquinho e sobreviver a longo prazo. Pegue o punk, por exemplo, No seu auge, em 1977, era idolatrado por aquele nicho específico, mas logo as pessoas se entediaram dele e ele teve de mudar um pouquinho, o que trouxe uma nova leva de bandas: o pós-punk.

Então, lembre-se de dar duro para se definir dentro de um nicho, mas nunca limite suas opções.

Para terminar, lembre-se do seguinte:

* ache seu nicho

* seja bem-sucedido nela (é mais fácil falar do que fazer, é claro)

* diversifique para novos mercados, mas mantenha-se perto de quem você é

Para se destacar num nicho emergente, você precisa ser inovador —  e, com sorte, você manterá esse espírito de inovação o resto de sua carreira musical.

 

2 Comentários

  1. charlosjohn9@gmail.com'
    by ASDASD on novembro 6, 2017  13:34 Responder

    Wow! Such an amazing and helpful post this is. I really really love it. It's so good and so awesome. I am just amazed. I hope that you continue to do your work like this in the future also como solar na guitarra

    • by Paula Humphries on novembro 6, 2017  19:30 Responder

      :D Thanks for stopping by our blog! Obrigada

Comente

Seus email não será publicado.